10. O significante, o conjunto e o número: A topologia na psicanálise de Jacques Lacan

R$79.00

Em estoque

Consulte o prazo estimado e valor da entrega

Não sei meu CEP

Descrição

Páginas : 304             Formato : 16×23

Edição : 2ª Ano : 2021

ISBN : 978-65-86711-27-1

Resumo

Paulo Rona mostra que o significante, conforme utilizado por Lacan, a partir de Saussure, apresenta uma estrutura que poderia ser modelada adequadamente pela teoria dos conjuntos. Ele chega a um teorema da matemática recente, que postula a existência dos chamados conjuntos genéricos, conjuntos indiscerníveis, que não fazem parte da constituição do conhecimento, como normalmente é formado, por discernimento e classificação, nunca deixa de referir, em sua construção sempre incompleta, ao inconsciente freudiano, ou ainda, no caminho que ela percorre, à formação do sintoma, ou ao discurso na associação livre.

Índice

Prefácio, Edelcio Gonçalves de Souza

Introdução

1. Objeções e sugestões sobre o uso da matemática na psicanálise

2. Do significante em suas relações com a Teoria dos Conjuntos

3. Uma lógica para o significante?

4. Superfícies e significantes

Conclusões

Referências

Sobre o autor

Paulo Marcos Rona é psicanalista. Doutor em Psicologia Clínica pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. É membro do Fórum do Campo Lacaniano de São Paulo e professor do Departamento Formação em Psicanálise do Instituto Sedes Sapientae. Seu campo de pesquisas são as relações entre a Psicanálise e as Matemáticas, interesse que reúne sua primeira formação acadêmica, na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.