12. O Outrossexo: Não Existe Relação Heterossexual

R$89.00

Fora de estoque

Avise-me quando chegar!

Descrição

Páginas: 272           Formato: 16×23

Edição: 1ª               Ano: 2021

ISBN: 978-65- 

Resumo:

Freud estabeleceu as preliminares. No entanto, Lacan foi o único a enunciar: “não há relação sexual”. Ali onde falta a relação sexual, os parceiros são como personagens do teatro de um Outro inexistente: mulher, virgem, histérica, homem, dama, senhor, “Amélia”, aos quais junta-se, com Michel Foucault, o mestre antigo, as mulheres, o garoto e a esposa. Ao fazê-lo presente pela mediação deles, é sempre do Outro tomado como corpo de que se trata, do Outrossexo. Dar-se conta de que com ele não há relação sexual que possa se escrever implica uma experiência traumatizante, sendo aí que cada um tem um encontro com sua liberdade.

Índice:

Prefácio – Christian Dunker

Introdução

Capítulo I – Três preliminares da não relação sexual: Freud

Capítulo II – Não há relação heterossexual: Lacan

Capítulo III – “A cena sexual é de um só personagem”: Foucault

Capítulo IV – Duas analíticas do sexo: para acabar com a versão unitária da erótica

Conclusão – Descaritar

Adendo – Essa famosa relação sexual, Adeane Fleury

Sobre o autor:

Jean Allouch, formado em psicologia e filosofia, a partir de 1962 acompanhou os seminários de Jacques Lacan (que também foi seu analista). Após a dissolução da Escola Freudiana de Paris, da qual fazia parte, contribuiu para os primeiros passos da revista Littoral e participou da fundação, em 1985, da Escola Lacaniana de Psicanálise. Seu seminário, que se realiza no Hospital Sainte-Anne de Paris, é regularmente estendido ao exterior, especialmente à América Latina.