A função do pai em psicanálise. Para que serve a autoridade?

R$46.00

Em estoque

Consulte o prazo estimado e valor da entrega

Não sei meu CEP

Descrição

Páginas: 144       Formato: 16×23

Edição: 1ª            Ano: 2021

ISBN: 978-65-86711-40-0

Resumo:

Este livro aborda a função do pai para a constituição subjetiva do filho, no processo de transformação do pequeno infans em sujeito, procurando investigar a importância de sua autoridade para esse processo. Parte de uma hipótese inicial: a de que a violência secular do patriarcado teria contaminado a autoridade do Pai, enfraquecendo-a, deslegitimando sua ação, e produzindo uma lacuna no processo de transmissão.

Índice:

Prefácio

1. Introdução

2. Autoridade e política
3. Pai e psicanálise

4. Articulações

5. Considerações finais

Referências

Sobre o autor:

Luiz Mena é psicanalista, associado ao Instituto de Psicanálise da Bahia – IPB. Psicólogo formado pela USP. Mestrado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento também pela USP. Foi membro da Área Técnica de Saúde Mental da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, e atuou como docente em cursos de graduação e pós-graduação em diferentes faculdades de Salvador. Foi coordenador do Centro de Atenção Psicossocial para a Infância e Adolescência – CAPS i Trilha (Barueri, SP), e Supervisor Clínico-Institucional do CAPS i Liberdade (Salvador, BA) pelo Ministério da Saúde. Trabalhou por um ano e meio na instituição belga LE COURTIL (2002-2003), para crianças e jovens com psicose. Possui artigos publicados em livros e revistas especializadas em saúde mental, psicanálise e educação. É coautor do livro “Intoxicações eletrônicas” (organizado por Julieta Jerusalinsky e Ângela Baptista). Atualmente dedica-se à clínica, atendendo crianças, adolescentes e adultos, em Salvador-BA.