A Intuição do Analista – Refinando a Percepção sobre a Realidade

R$68.00

Fora de estoque

Avise-me quando chegar!

Descrição

Páginas: 208            Formato: 16×23

Edição: 1ª                Ano: 2021

ISBN: 978-65-86711-44-8 

Resumo:

Este livro é uma investigação sobre o funcionamento da mente do analista. Em particular, um tipo de funcionamento onde há a percepção direta de um fragmento da realidade psíquica do paciente, pelo analista, a partir do fenômeno da intuição. Relaciona-se intuição ao ato de captar diretamente dados da realidade psíquica do paciente, sem que necessariamente haja uma intermediação do pensamento racional. A intuição, neste trabalho, também é considerada como uma espécie de “bússola psicanalítica” que o analista consulta, dentro de si, para tomar decisões importantes durante a sessão.

Índice:

Será possível escrever sobre a intuição? Desabafo do autor

1. Introdução geral ao tema intuição

2. W. R. Bion e a intuição na prática psicanalítica

3. Bases filosóficas da atitude psicanalítica intuitiva

4. A intuição e os conceitos psicanalíticos

5. O limite da linguagem na intuição

6. A intuição e o início da psicanálise

7. As imagens intuitivas e a técnica de Freud

8. As imagens intuitivas de Trinca e a metáfora do aparelho telefônico de Freud

9. Os três níveis da percepção intuitiva

10. Um resumo da vida e da obra de W. R. Bion

11. As bases da teoria de W. R. Bion para o uso da intuição

12 A intuição psicanalítica no vértice de W. R. Bion

13 A contribuição de D. W. Winnicott sobre os fenômenos transicionais e a barreira de contato de Bion

14. Contribuições pessoais sobre a intuição psicanalítica em W. R. Bion

15. Aproximando a intuição enquanto um conceito no vértice de W. R. Bion

Posfácio, Paulo Cesar Sandler

Referências

Sobre o autor:

Cleto Rocha Pombo Filho é médico e psiquiatra pela PUC-PR e pela Associação Brasileira de Psiquiatria. Especialista em Psicoterapia Psicanalítica pela USP-SP. Psicanalista formado pelo Instituto Sedes Sapientiae-SP / Grupo GTEP-Maringá-PR. Mestre em Psicologia pela Universidade Estadual de Maringá-PR (UEM-PR). Professor e supervisor do internato de Psiquiatria do curso de Medicina da Universidade Unicesumar em Maringá-PR. Há mais de 20 anos tem se aprofundado no estudo e prática da meditação silenciosa ligada à filosofia oriental do Budismo tibetano da linhagem Nyngma. Atualmente é Presidente da Sociedade Maringaense de Psiquiatria e Vice-presidente Noroeste da Associação Paranaense de Psiquiatria-APPSIQ.