Feminismos em Trânsito

R$48.00

Em estoque

Consulte o prazo estimado e valor da entrega

Não sei meu CEP
Categorias: , Tag:

Descrição

Páginas: 140            Formato: 16×23

Edição: 1ª                Ano: 2022

ISBN: 978-65-

Resumo:

Um dos objetivos deste livro é chamar atenção ao que se apresenta na clínica psicanalítica, como “figuras clínicas”, de modo a se tecer fios com o imaginário social, bem como com aquilo que insiste na mídia, que capta as presenças fortes na cultura. Além disso, na relação psicanálise-feminismos, aborda mútuos aportes: enquanto os feminismos interrogam e questionam os lugares da teoria psicanalítica e os lugares de reprodução de ideologias, pondo os analistas a trabalhar sobre eles, os psicanalistas podem oferecer seu principal instrumento, a escuta, para reabrir discursos e mostrar conflitos e ambivalências que auxiliem na não produção de um fechamento dogmático.

Índice:

Apresentação

Introdução. Mulheres, psicanálises, feminismos (Silvia Leonor Alonso)

  1. As subjetividades em trânsito (Helena M.F.M. Albuquerque, Maria Carolina Accioly de Carvalho e Silva, Tide Setubal, Veronica Mello)
  2. O batom e o escudo – da sujeição ao sujeito como território da singularidade (Maria Aparecida Barbirato, Roberto Villaboim, Marcia R. Bozon de Campos)
  3. Relação mãe e filha: a construção de uma posição feminista a partir de uma ressignificação da trajetória materna (Danielle M. Breyton, Maria Carolina Accioly de Carvalho e Silva, Tide Setubal)
  4. Violência e Sexualidade – uma escuta psicanalítica sobre o feminismo (Danielle M Breyton, Luciana Cartocci, Marcia R. Bozon de Campos, Maria Carolina Accioly de Carvalho e Silva, Tide Setubal)
  5. Descoladas de si – entre o empoderamento e o submetimento (Marcia Cristina Curtolo Bom, Silvia Maria de Moraes Gonçalves, Lilian Quintão)
  6. Ser ou não ser feminista (Helena M.F.M. Albuquerque)
  7. Feminismos e as mídias – entre o singular e o coletivo (Agda Sardenberg Jardini, Bianca Giusti Duvernoy, Evelyse Stefoni de Freitas Clausse, Laura Miranda Canhada, Maria Carolina Accioly de Carvalho e Silva, Mariana Santos David, Silvia Maria de Moraes Gonçalves)

Posfácio (Silvia Leonor Alonso)

 

Sobre as organizadoras:

Silvia Leonor Alonso. Psicanalista, membro do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae desde sua fundação e professora e supervisora no curso “Psicanálise” do mesmo Instituto. Desde 1997, coordena o grupo de pesquisa “O feminino e o imaginário cultural contemporâneo”. Autora de O tempo, a escuta, o feminino e, com Mário P. Fuks, autora em parceria de Histeria. Co-organizadora dos livros: Figuras clínicas do feminino no mal-estar contemporâneoInterlocuções sobre o feminino na teoria, na clínica, na cultura e Corpos, sexualidades, diversidade.

Danielle M. Breyton. Psicanalista, membro do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae; Membro do grupo de trabalho e pesquisa “O feminino e o imaginário cultural contemporâneo” e do grupo de entrevistas da revista Percurso; co-organizadora dos livros: Figuras clínicas do feminino no mal-estar contemporâneoInterlocuções sobre o feminino na teoria, na clínica, na cultura e Corpos, sexualidades, diversidade.

Marcia R. Bozon de Campos. Psicanalista, membro do Depto. de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae onde integra o grupo de trabalho e pesquisa “O feminino e o imaginário cultural contemporâneo e coordena o  “Grupo de leitura sobre a obra de Winnicott” e o curso de aperfeiçoamento “O corpo na clínica”. Membro do Conselho Editorial da Revista Percurso. Doutoranda no IPUSP.

Você também pode gostar de…