Fundamentos da Psicologia das Relações de Trabalho

R$43.00

Em estoque

Consulte o prazo estimado e valor da entrega

Não sei meu CEP

Descrição

Páginas: 144                Formato: 16×23

Edição: 1ª                Ano: 2014

ISBN: 978-85-64250-42-0

Resumo:

Esta obra resulta de reflexões de psicólogos sobre os aspectos éticos que descaracterizam a psicologia do trabalho como interessada na saúde psíquica. Os autores apontam evidências de que essa psicologia se submete aos interesses da organização do trabalho e atua como seu instrumento para alienação do trabalhador e manipulação da subjetividade. Propõem um novo campo da psicologia, com autonomia relativa aos interesses do negócio e habilitado a estabelecer o “espaço de palavra”.

Índice:

  1. Delimitando as fronteiras da psicologia que tem como objeto a relaçãosujeito–trabalho (Juan Adolfo Brandt)
  2. A psicologia das relações de trabalho: clínica e social (Juan Adolfo Brandt)

III. Escola e Mundo do Trabalho: a matriz institucional da violência (Roberto Heloani & Eduardo Pinto e Silva)

  1. Processos inconscientes no trabalho organizado (Juan Adolfo Brandt & Maria Inês Assumpção Fernandes)
  2. Subjetividade do trabalho e saúde do trabalhador Um espaço esquecido? (Ione Vasques-Menezes)

VI. A Formação da identidade profissional de psicólogo do trabalho (Juan Adolfo Brandt)

Sobre os autores:

Juan Adolfo Brandt

  • Psicanalista.
  • Docente do Centro Universitário IESB-Brasília.
  • Doutor em Psicologia Social – IP/USP.
  • Membro Individual da IFPS.
  • Membro Associado da SPID.
  • Membro Fundador do IPB.

Roberto Heloani

  • Professor Titular e pesquisador da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas, na área de Gestão, Saúde e Subjetividade. Professor conveniado junto à Université de Nanterre (Paris X).
  • Pós-Doutorado em Comunicação pela USP e Livre-Docente em Teoria das Organizações pela UNICAMP.
  • Doutor em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.
  • Graduado em Direito pela Universidade de São Paulo e em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Maria Inês Assumpção Fernandes

  • Professora Titular do Instituto de Psicologia da USP.
  • Livre-docente pela Universidade de São Paulo.
  • Mestre e Doutora pela Universidade de São Paulo.
  • Graduação em Psicologia pela Universidade de São Paulo (IP-USP).

 

Eduardo Pinto e Silva

Ione Vasques-Menezes