Patologização e Medicalização da Vida: Epistemologia e Política

R$50.00

Em estoque

Consulte o prazo estimado e valor da entrega

Não sei meu CEP

Descrição

Páginas: 176            Formato: 16×23

Edição: 1ª                Ano: 2018

ISBN: 978-85-5524-070-6

Resumo

O conjunto de textos aqui reunidos vem nos alertar que a patologização e medicalização da vida se trata de uma invasão nos nossos cotidianos, inescapável. A saída lucrativa da química salvadora que dociliza os corpos e mentes mediante o uso orquestrado dos fármacos se faz presente, a indústria farmacêutica e seus postos de distribuição que mais crescem nessa nova onda neoliberal do capital que tanto sofrimento constrói, diante de um Estado intolerante ou omisso.

Índice

Prefácio: Despatologizando a vida… a Liberdade é terapêutica… a Democracia também! (Paulo Amarante, Ana Maria Fernandes Pitta & Walter Ferreira Oliveira)

  1. Medicalização da Vida: Reflexões Sobre sua Produção Cultural (Walter Ferreira de Oliveira)
  2. Uma Biopolítica da Indiferença: a Propósito da Denominada Revolução Psicofarmacológica (Sandra Caponi )
  3. Regulação Biotecnológica do Sofrimento e Evicção do Sujeito: Efeitos Sobre a Condição Humana (Mariama Furtado)
  4. A Medicalização Social e suas Repercussões nos Serviços de Saúde Mental (Maria Salete Bessa Jorge e Indara Cavalcante Bezerra)
  5. Entre o Serviço e o Terreiro: Ensejos, Manejos e Mediações do Uso de Psicofármacos (Clarice Moreira Portugal, Mônica de Oliveira Nunes de Torrenté e Maurice de Torrenté)
  6. O Feminino Aprisionado, Patologizado e Medicalizado: Impactos na Saúde Mental das Mulheres (Anna Luiza Castro Gomes e Alynne Mendonça Saraiva Nagashima)
  7. Heranças Renitentes do Modelo Biomédico na Educação Especial: OQue se Pe(r)de no Encontro entre Profissionais da Educação e da Saúde? (Carla Biancha Angelucci e Isabel de Barros Rodrigues)
  8. Da Medicalização à Multideterminação da Queixa Escolar: O Caso do TDAH (Sabrina Gasparetti Braga Pani)
  9. Por Outras Relações na Escola pela Lógica da Desmedicalização: Cartografia de Medicação Escolar com Crianças Ditas Autistas (Maria Goretti Andrade Rodrigues e Paulo Amarante)
  10. Patologização da Vida de Crianças e Adolescentes em Tempos Sombrios (Maria Aparecida Affonso Moysés e Cecília Azevedo Lima Collares)
  11. Mad in Brasil:Um Novo Espaço para Reflexões e Debates sobre Medicalização e Desmedicalização (Paulo Amarante, Fernando Freitas e Camila M. Gomes)

Sobre os organizadores

Paulo Amarante. MD, PhD, Médico, Especialista em Psiquiatria, Doutor em Saúde Pública. Vice-Presidente da Abrasco, Presidente de Honra da Abrasme. Pesquisador e Professor Titular do LAPS/ENSP/Fiocruz.

Ana Maria Fernandes Pitta. Médica psiquiatra. Professora da UCSAL e UniCEUMA. Presidente do Capítulo Brasileiro da WAPR. Vice-presidente da ABRASME.

Walter Ferreira de Oliveira. Ph.D., MPH, Médico. Professor, Departamento de Saúde Pública. Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC. Presidente da Abrasme.