Sofrimento Psíquico à Margem do SUS – Vastidão e Confinamento na Clínica

R$54.00

Fora de estoque

Avise-me quando chegar!

Descrição

Páginas: 140            Formato: 13x23cm

Edição: 1ª                Ano: 2017

ISBN: 978-85-5524-037-9

Resumo

O atendimento clínico no Sistema Único de Saúde (SUS) foi se constituindo como um material para a produção de narrativas clínicas sobre dependência de drogas e outros psicoativos, numa abordagem que possa orientar as práticas clínicas, permitindo uma reflexão analítica mais ampla. Os usuários de saúde mental, vistos como marginais do ponto de vista do sistema de direitos, ainda são maciçamente mantidos dentro das paredes de confinamento oficial da insanidade, banidos da sociedade, mas agora do lado de fora das paredes, o que evidencia a urgência em saber mais sobre a função desta situação clínica, seus fundamentos e pressupostos básicos.

Índice

Prefácio, Paulo Amarante

Introdução

1. Sobre o método: Confins ou limites da pesquisa na clínica

2. Territórios da exclusão

3. O profissional de saúde e seus afetos na prática clínica

4. O cotidiano da clínica no SUS

5. Considerações finais

Referências

Sobre a autora

Teresa Cristina Endo é psicóloga clínica formada pela PUC-SP. Psicanalista. Mestre em Psicologia Social pela PUC-SP. Doutora em Psicologia Clínica pela PUC-SP. Assessora técnica da Área Técnica de Saúde Mental, álcool e outras drogas da Secretaria Municipal da Saúde de SP. Membro da Associação de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental. Atuando principalmente nas áreas de saúde mental, álcool e outras drogas, Políticas Públicas, psicopatología fundamental e método clínico.